À procura da casa perfeita?

À procura da casa perfeita?

À procura da casa perfeita?

Esta é de luxo… e flutua

Viver numa cidade flutuante parece uma ideia maluca, até praticamente impossível, mas …

… Pode deixar de ser um sonho.

Wayaland é uma cidade flutuante que está em projeto.

A ideia de construir um bairro onde as casas fossem flutuantes anda há algum tempo na cabeça dos arquitetos.

Estes acreditam que poderia ser a solução perante o aumento do nível das águas do mar porque este afeta especialmente as cidades costeiras.

Uma das grandes vantagens das cidades flutuantes seria o facto de as casas poderem ajustar-se à subida dos níveis da água, evitando assim as inundações.

A Lazzarini Design Studio, uma empresa de arquitetura italiana, pensou nessa possibilidade e passou à ação.

Wayaland é o nome da cidade flutuante planeada por Pierpaolo Lazzarini CEO da empresa.

O projeto tem por base a construção de casas de luxo, em forma de pirâmide, alimentadas por energia solar e foi desenhado para a costa dos Emiratos Árabes ou de Itália.

O projeto ainda está numa fase muito inicial.

Este mês, a empresa de arquitetura lançou uma campanha de crowdfunding para construir a primeira pirâmide, que custará cerca de 420 mil dólares, o equivalente a cerca de 356 mil euros.

Lazzarini visualiza a cidade de Wayaland com 20 pirâmides flutuantes:

  • dez casas,
  • três hotéis — com um total de 20 suites
  • dois restaurantes e
  • cinco edifícios mais pequenos para outros usos que ainda não foram determinados.

De acordo com os primeiros planos, um desses edifícios poderia ser, por exemplo, uma estufa com grande variedade de culturas.

O maior edifício da cidade teria uns 30 metros de altura, com 10 pisos, e uma superfície total de aproximadamente 22.000 metros quadrados.

A combinação entre a arquitetura Maia e a tradicional Japonesa serviu de fonte de inspiração ao projeto de procura da casa perfeita.

Segundo a empresa italiana, os primeiros investidores podem vir a converter-se em cidadãos de Wayaland, caso o país de origem reconheça o projeto como uma cidade oficial.

Lazzarini espera terminar a construção da primeira pirâmide da cidade flutuante em 2022.

Veja o vídeo para conhecer melhor o projeto de Wayaland.

 

in Eco.pt